Aproveitando que há amanhã uma cimeira europeia, deixo aqui a minha sugestão para a solução da crise na Europa.

Os chefes de estado e de governo reúnem-se e, no final, o presidente da comissão europeia ou o presidente da Europa, com os chefes de estado e de governo atrás, comunicam as seguintes decisões:

1. Vai haver eleições europeias no dia 31 de Janeiro para eleição de uma assembleia constituinte. Essa assembleia terá como funções únicas redigir a constituição da Europa, com duas câmaras, uma de representação política, outra de representação regional, e empossar um governo de transição;
2. Os países que não participarem nesta eleição não farão parte da Europa unida;
3. O inglês será a língua oficial da Europa, as restantes línguas nacionais serão a 2ª língua de cada região;
4. Para proteger o euro, que será a única moeda da Europa, ficam proibidos todos os fluxos financeiros para fora da zona euro até à posse do primeiro governo eleito da Europa.

É muito simples, não?

(publicado originalmente no Facebook)

Esta entrada foi publicada em Polí­tica com as etiquetas , , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s