Carta aberta ao jovem Hugo

Há alguns dias, depois da derrota com o Benfica e da eliminação frente ao Glasgow Rangers, o jovem Hugo escreveu no seu Facebook: “O Sporting é uma vergonha.”

Eu conheço o jovem Hugo. É um miúdo divertido, responsável e amigo dos seus amigos. É um grande sportinguista e um excelente guarda-redes. Espero vê-lo um dia na baliza que foi de Vítor Damas.

Mas a descrença que o jovem Hugo revelou naquele momento em concreto – e que vemos actualmente em tantos e tantos sportinguistas – foi o que levou a responder-lhe nestes termos. Senti a obrigação moral de o fazer.

“Tens razão, Hugo: isto é uma vergonha!
Acontece que isto não é o Sporting!

O Sporting é Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!

O Sporting é Manuel Fernandes, Jordão, Balakov, Hilário, José Carlos, Dinis, Schmeichel, Jordanov, Oceano, Peyroteo e Vitor Damas.

O Sporting é Carlos Lopes, Livramento, Lisboa ou Andorinho.

O Sporting é o Paulinho e a Fundação Aragão Pinto.

“Isto” NÃO É o Sporting!

Esta “vergonha” é aquilo em que uns senhores engravatados transformaram o Sporting ao longo das últimas décadas.

E é por ti e por jovens como tu que nós, Sportinguistas adultos e com direito de voto, temos a OBRIGAÇÃO MORAL de resgatar o Sporting do beco sem saída em que o meteram. Oxalá sejamos capazes de o fazer! Para que possamos um dia devolver-te o verdadeiro Sporting, o GRANDE Sporting! Aquele de que te poderás orgulhar!”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s