Autêntica

A revista Autêntica é publicada trimestralmente pela Unicer e distribuída gratuitamente pela base de dados da empresa. O design e concepção é da Terradesign e já tem sido premiado em anteriores ocasiões.  Eu recordo, por exemplo, a edição dedicada à transparência como umadas mais surpreendentes.

Na sua edição nº8, que acabei de receber, a Autêntica tem por tema o dinheiro e brinda-nos com esta estranha capa: um profundo negro brilhante com um euro no meio. Podia ser um euro de plástico, de cartão ou até de papel. Mas não. É um euro a sério. Uma moeda de um euro colada na capa. A explicação está logo na página seguinte e diz qualquer coisa como isto: “A moeda de euro que vê nesta capa parece simbólica mas é uma parte dos 10.000 euros que a Unicer destinou para apoiar a Associação Acreditar -que apoia as famílias das crianças com cancro. Retire-a da revista e ofereça-a a esta associação. E, se puder, dê mais. É apenas um gesto, mas o nosso desejo é que valha muitos sorrisos.

No editorial, Joana Queiroz Ribeiro,  a directora, reforça a ideia: “Com a ajuda de todos será muito mais fácil multiplicar por 2, 3, 4, quem sabe até por 5, os 10.000 euros que a Unicer destinou para ajudar as crianças apoiadas pela associação Acrditar.” 

O modus operandi está um pouco mais à frente, na página 57, com um envelope RSS endereçado à Acreditar.

É impossível não reparar no carácter brilhantemente engenhoso desta concepção. A primeira sensação é de envolvimento. É-me impossível tirar aquela moeda e metê-la no bolso. Seria imoral. Também não consigo deixá-la colada à revista, porque além de igualmente imoral seria profundamente estúpido. Resta-me portanto pegar nela e metê-la no envelope. Mas serei capaz de o fazer sem juntar mais uma moeda ou trocá-las por uma nota? Não será igualmente imoral que eu use o euro da Unicer para ajudar quem precisa e não junte um euro dos meus?

Obviamente merece os parabéns quem ”inventou” esta campanha e a Unicer por ter tido a coragem de a abraçar. Não sei quantos envios são feitos desta revista (10.000?), mas não deve ser fácil fazer aprovar isto junto de uma administração. Quem fica a ganhar,  obviamente, é a Acreditar e não me custa a crer que os 10.000 euros se transformem em bastante mais. 

Como sou sortudo e recebi dois exemplares vou guardar um para recordação - com euro na capa – e enviar o outro com uma nota de cinco.  Acho que assim fica bem! 

Esta entrada foi publicada em Não catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s