Não,  não foram as férias que foram longas. Foi um lapso inexplicável.  Uma espécie de tentativa involuntária  de conciliação com o real.

Mas agora estou de volta. 

Velhos amigos despertaram-me de um longo sono. Isso, e a crença de que o está em causa no futuro dos jornalistas não são os jornalistas; são os jornais.

Aggiornamento!

Há tanta coisa para descobrir…

Esta entrada foi publicada em Sem categorias com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s