Demagogia

João Marcelino é muito inteligente e um analista extremamente perspicaz, mas é também incorrigivelmente populista. Hoje, na Sábado:

“Num mundo perfeito, governado pelo Bloco de Esquerda, o aborto seria concerteza livre, o consumo de drogas feito à mesa dos cafés, os homossexuais casariam e criariam os filhos dos outros, a eutanásia viria a caminho e com certeza que a GNR, ou qualquer outra polícia, se a houvesse para além da prestação de serviços de trânsito,  seria impedida de disparar sem um requerimento à tutela. Admito mesmo que, excepcionalmente, e em caso de desobediância a este princípio, fosse permitida a pena de morte para todos os agentes que ousassem incomodar os criminosos em fuga. Mas, até chegarmos a esse limbo de degradação política e moral, o que havemos de fazer (…)?”

Algumas frases mais à frente:

“O caso é sério. E, como tal, deve ser discutido seriamente, sem a habitual demagogia do Bloco (…).

Desculpe!!! 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s