Martin Adler

Martin Adler, jornalista e repórter fotográfico sueco foi morto a tiro em Mogadíscio, Somália. Não é apenas mais um jornalista que morre em trabalho (o que já seria muito); é também o fim de um homem que muitos portugueses- eu sou um deles – leram ao longo de anos na Grande Reportagem, sempre com reportagens corajosas e nas quais se sentia a paixão que ele sentia ao fazê-las. Pode paracer conversa, mas isso de facto sentia-se nas suas reportagens.

A notícia do DN que dá conta do acontecimento, trata-o com a relevância que merece. Mas em nenhum ponto quer o jornalista que escreve a notícia quer os seus editores parecem dar-se conta de que este é o Martin Adler que tantos leitores portugueses tão bem conhecem. O que me suscita a pergunta: será que nunca leram a Grande Reportagem? Será que leram e não repararam nas reportagens de Martin Adler? Ambas as coisas são possíveis, mas ambas são também preocupantes do ponto de vista da formação não-formal dos nossos jornalistas.

Felizmente podemos ficar a saber mais sobre Martin Adler a partir do testemunho daqueles que com ele trabalharam. Francisco José Viegas,  no Origem das Espécies, escreve sobe Martin Adler e reproduz algumas das suas fabulosas imagens. Na blogosfera portuguesa, Martin Adler também é recordado com saudade por muita gente. Onde quer que esteja, ele certamente considerará isso um bom epitáfio. 

Esta entrada foi publicada em Media com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s