Maradona, o adepto

maradona.jpgMaradona está na Alemanha a acompanhar a sua selecção e tem sido objecto frequente das camâras de televisão nos momentos de júbilo pelas vitórias da Argentina.

Há algo de genuino na forma como Maradona se comporta da bancada. Quem está ali é o adepto Maradona. Como se as câmaras não estivessem lá, como se os olhos do mundo não estivessem postos nele, Maradona faz tudo o que fazem os adeptos. Grita quando é golo, passa as mãos pela cabeça nos grandes falhanços e provavelmente chama nomes ao árbitro quando não concorda com as decisões.

É esse o encanto de Maradona. Dificilmente imaginaríamos Pelé a fazer o mesmo. Ou Beckenbauer, Cruiff, ou Platini. Todos eles são demasiado bem comportados para aparecerem assim. Maradona não. Maradona é um deus com pés de barro. Com mãos de barro, pernas de barro e provavelmente também cabeça de barro. Até pelos tombos que tem dado nesta vida, Maradona é um homem comum. Que se emociona com uma bola ao poste ou um golo inesperado.

Ele podia ser o nosso vizinho do lado na bancada. E o que é que isso diz sobre o vizinho do lado do Maradona? Isso diz que cada um de nós podia ser como ele. Um Maradona pode estar ao virar da próxima esquina, como pode estar ao nosso lado na bancada. No fundo, no fundo, é este sentimento difuso, esta vaga esperança de que o futebol nos queira, que verdadeiramente faz de nós adeptos. É isso que faz Maradona na Alemanha sempre que as câmaras o focam. Ele é plenamente um de nós.

Esta entrada foi publicada em Sem categorias com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s