A notícia de que algumas centenas de bandeiras tinham sido apreendidas em Viseu porque continham publicidade a um comerciante local (os símbolos nacionais não podem ser veículo publicitário) não teria nada de muito estranho se a bandeira distribuída com o Expresso não contivesse publicidade ao BES e a PT não tivesse usado há uns tempos a bandeira para se promover. Afinal há bandeiras e bandeiras.

(bem lembrado pelo Jornada)

Esta entrada foi publicada em Sem categorias com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s