Irracional brutalidade

O caso da beb de Viseu agredida e violentada pelos prprios pais lembra-nos, na sua irracional brutalidade, que o ser humano est, ainda hoje, perigosamente prximo da mais abjecta animalidade. E demonstra-nos tambm que a vida em sociedade pode no ser capaz de identificar todos estes problemas antes de eles se consumarem desta forma.
Claro que haver responsabilidades a apurar, nomeadamente por omisso. Um caso to grave no pode deixar de ter responsveis, provavelmente com diferentes graus de responsabilidade e a diferentes nveis. Mas pode ser redutor e simplista acusar as delegadas que deviam ter identificado os maus tratos e no o fizeram. Claramente elas deviam ter visto algo que no viram. Mas resta saber porque razo no viram (falta de formao?) e resta identificar todas as outras razes pelas quais um caso to limite passou por todos os check-points que a sociedade tem sem que ningum fizesse nada. Que grau de misria humana pode engendrar tamanha violncia? Quantas vezes quantas pessoas tero olhado para o lado? Quantas famlias haver neste pas (e neste mundo) em condies semelhantes? A animalidade est to prxima da civilidade…

Esta entrada foi publicada em No catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s