“Pelos vistos, há quem não consiga entender que Cavaco Silva, a aceitar candidatar-se, (…) é o único que terá a possibilidade de impor algum rigor ao governo socialista e também o único que não se ensaiará nada em dissolver o parlamento logo que este e o governo começarem a asnear (e não será preciso esperar muito…), para mais confortado com o precedente aberto por Jorge Sasmpaio.”
Vasco Graça Moura, DN, 23 de Fevereiro de 2005
Citado em “A agenda de Cavaco Silva”, de Vítor Gonçalves, pp. 194-195

Esta entrada foi publicada em Não catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s