Ecos de um golpe

Depois da inacreditável entrevista de Morais Sarmento ao Diário Económico, Vital Moreira assina no Causa Nossa uma sucessão de três posts sobre o “golpe de Estado”. Convém no entanto recordar que, se Cavaco for eleito com um programa tal como definido por Morais Sarmento, ele sentir-se-á legitimado pelos votos para o pôr em prática. E se não o conseguir com uma interpretação maximizadora dos actuais poderes presidenciais, pode pelo menos manobrar para os reforçar (o PSD poderia muito bem prestar-se ao “serviço”). Moral da história: se o golpe de Estado constitucional for legitimado nas urnas passa a ser um golpe de Estado “eleitoral” e tem logo outro peso.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Não catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s