A partir de um artigo da Marketing Studies citado na última newsletter do Obercom, cheguei a esta página onde a Microsoft descreve em detalhe de que forma vai integrar a leitura de RSS no seu sistema operativo a lançar em 2006.

Esta questão do RSS está longe de ser uma tecnicidade: a sobrecarga de informação que a internet já hoje produz impõe um sistema de gestão de informação capaz de a organizar de forma bastante diferente do passado. O RSS é esse sistema.
Mas, mais ainda, a associação entre os leitores RSS e os podcasts – que será o passo seguinte – o que faz é alterar a relação de poder entre emissor e receptor da mensagem. Com RSS e podcasts, consumidor de mensagens escolhe realmente quando e como quer consumar o acto comunicativo. E isso dá-lhe poder na mesma medida em que o tira ao emissor (ex. ontem os jornais, hoje a rádio, amanhã a televisão).

Esta entrada foi publicada em Não catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s