Claro que cheira a bolsa toda esta história do BES versus Impresa. E todos sabemos que é verdade que o Expresso faz campanhas. Mas (partindo do princípio de que não há jogadas de bastidores), como bem notam a Grande Loja e a Bloguítica, dada a dimensão publicitária do BES e a dimensão informativa do grupo Balsemão, a “birra” não pode deixar de ser entendida como uma forma de pressão sobre todo o sector da comunicação. Se um major player não tem força para “dobrar” o BES, como se sentirá um minor player? Constrangido certamente. É por isso que com reality shows ou sem eles, hoje estamos todos com Balsemão.

Esta entrada foi publicada em Não catalogado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s